segunda-feira, junho 20, 2011

José & Pilar depois do documentário

No fim-de-semana passou o documentário José e Pilar, apesar de ter sido dividido para passar na tv, consegui vê-lo sem cortes nem intervalos e nisto a box ajuda, mas adiante.
Antes de mais todas as ideias pré-concebidas que tinha para com José Saramago caíram, o que não invalida não concordar com algumas ideias e valores que defendia e valorizava, mas fiquei surpreendida com o seu sentido de humor, força, vitalidade, generosidade em não recusar tirar uma foto ou nas horas que passava a dar autógrafos e no fundo com o seu enorme amor por aquela mulher a sua mulher Pilar Del Rio, uma mulher forte e destemida.
Os gestos e toques de cumplicidade, a palavra que falta mas que surge da boca dela como se lhe lesse o pensamento num apoio e amor incondicional.
Houve partes que me tocaram e nisto o realizador está de parabéns porque a câmara está lá mas não se intromete.
No fim fiquei com imensa vontade de ler A Viagem do Elefante e como estou quase a fazer anos, fica aqui a dica.

2 comentários:

hierra disse...

tenho gravado na box, s
o ainda não vi, porque queria ver os dois episodios de seguida e não houve tempo...Eu gostei muito da viagem do elefante...um livro ligeiro, bem escrito, com história à mistura

GATA disse...

Que bom que gostaste! Vês? Por vezes somos surpreendidos pela positiva!