quarta-feira, junho 01, 2011

Brincar

Quem brinca às escondidas com 35 anos, grita desalmadamente quando a descobrem, faz palhaçadas, faz de cão, assobia e outras coisas que tais com uma menina de quase 3 anos e uma princesa de 15 é sinal que está muito bem da cabeça e a criança dentro dela não morreu.
As crianças numa família revitalizam-na, trazem vida, cor, alegria e amor, muito AMOR.
Já me estou a ver com um Bernardo a fazer slide e a saltar de pára-quedas aos 50 anos. Será??
…e ainda faltam os outros sobrinhos que andam de vir...por este andar, vou ser criança até morrer.

7 comentários:

Manuela disse...

Querida Dudu, a criança que existe dentro de nós nunca morre. Agora saltar de para-quedas aos 50... pobres ossinhos ;)

GATA disse...

Não faço de cão, mas faço de gato, serve? Mas não tenho sobrinhos... :-(

Eu sou sempre criança, assim justifico os meus disparates! :-)

Dudu disse...

Manuela
Tenho ideia de que se isso acontecer vou estar cheia de "drunfos" para o medo, os ossinhos esses não são o meu maior problema :)

Dudu disse...

GATA
:)
Serve perfeitamente, às vezes é mais tipo jardim zoológico.

Rita Sofia disse...

FELIZ DIA DA CRIANÇA!!!
Lembra-te que o Bernardo vai ser Leão, como a tia que está do outro lado do atlântico! Acredito que ele te vai convencer a fazer essas e outras loucuras! Vai virar-te de cabeça para baixo! :)
Saudades do futuro... do que aí vem... dos que aí vêm e que nós ainda não conhecemos!! :)
SUAS MALUCAS!!!!!!!!

hierra disse...

E eu de palerma para elas se rirem!

A.S. disse...

Ser criança até morrer é possivel! Basta que não nos deixemos vencer pelo tempo e agir de acordo com a sabedoria que ele nos proporciona...


Beijo!
AL