quarta-feira, maio 25, 2011

Violência

Ontem deve ter sido a notícia mais comentada, a agressão que uma rapriga sofreu de outras duas.
Não vi o vídeo todo porque aquilo me enerva, revolve-me as entranhas, custa-me a acreditar que raparigas consigam perpetrar aquela violência e supostamente por amores e traições.
Quem assiste nada faz, quer dizer, filma e ri.
Esta escalada de violência assusta-me, porque estas agressões são mais comuns do que julgamos, segundo a minha filha, que vê namorados a agredirem-se, pais que vão à escola bater nos namorados das filhas e nas filhas, miúdas que praticam o bulling nem só de forma física…ao ponto de acharem tudo normal.

Há muito que foi ignorado a questão do respeito pelo outro.

5 comentários:

tavares disse...

Também fiquei maluca, principalmente porque tenho uma filha de 8 anos, e tenho tanto medo do futuro dela, como qualquer mãe.
Beijinho e boa quarta feira.

Manuela disse...

Querida Dudu, creio que tudo isto (deplorável) é um reflexo da sociedade, infelizmeente.

Dulce disse...

É simplesmente inacreditável, esta escalada de violência! No meu tempo o bullying passava por me chamarem «Olívia Palito» ou «Caixa de óculos»... quando muito! Agora a violência está de tal forma interiorizada nos miúdos que eles até rejubilam (e vão a correr partilhar nas redes sociais) com cenas nojentas como esta... :(

Patrícia Silvério disse...

Eu fiquei chocada! Sinceramente, com os meus vinte anos, eu tenho vergonha da minha geração, Porque é uma geração sem valores, onde tudo é banal e não levam a vida a sério! Chocou-me imenso a barbaridade com que elas atacaram a miúda, a frieza, sem dó e piedade enfim. Portugal dos pequeninos!

Obrigado por passares no Pumps!

GATA disse...

Bem, tal como comentei noutro blog, eu sempre digo que a EDUCAÇÃO começa em casa. Não havendo educação em casa, esperam que a INSTRUÇÃO na escola faça milagres??? A liberdade em excesso nunca é boa. E infelizmente, neste país, confunde-se Liberdade com Libertinagem. E o sistema jurídico precisa URGENTEMENTE de ser revisto e actualizado, porque se estas 'coisas' (não são pessoas!!!) se comportam com adultos, então que sejam julgados e condenados como adultos!

PS: a 'coisa' que filmou tem 18 anos, não estuda nem trabalha, dedica-se a roubar... sem comentários!