sábado, abril 30, 2011

Bateu-me à porta

A intempérie que se abateu sobre Lisboa na sexta-feira, aquilo que demasiadas vezes assisti na televisão a outros, aconteceu-nos. Não tenho palavras para descrever como chuva e granizo se tornaram em algo aterrador.
O local de trabalho destruído, literalmente, perspectivas desanimadoras, futuro negro para mim e para quem depende de nós. As lágrimas vão caindo, como que para esvaziar o peito desta angustia permanente. Neste momento ponho em causa todas as escolhas que fiz, ou escolhas que não fiz.
Papéis e mais papéis, tudo molhado, alguns por água, outros por lágrimas, nem sei.
O mais importante no meio desta desgraça toda não houve danos físicos, que há acontecer teriam sido gravíssimos.
Espero ter animo e força para superar e ajudar quem está ao meu lado, temos de conseguir  passar este mau momento, uma luz, uma luzinha é só o que quero.

6 comentários:

teardrop disse...

Percebo bem o que sentes... Deviamos estar relativamente perto porque também bateu à porta da empresa onde trabalho. Foi assustador, foi um dos dias da minha vida em que me senti mais impotente! Espero que na segunda as coisas estejam melhores. Os estragos não foram na área onde trabalho, mas lá estarei para o que for preciso!

Força para ti! Vamos acreditar que vai correr tudo bem! Beijinhos

Rita Sofia disse...

Minha querida, essa luz vai aparecer, acredita! Os dias serao menos cinzentos e as soluçoes vao aparecer. Nao percam a calma! Ao longe partilho e vivo essa enorme dor convosco e pouco ou nada consigo dizer ou fazer... AMO-VOS e tudo se vai resolver... ACREDITA! ELE nunca nos abandonou, mesmo nas barreiras mais dificeis que ultrapassamos e que queriamos baixar os braços... esta e mais uma... FORÇA!
Um beijinho ENORME!

hierra disse...

Pois, eu devo tb morar perto porque a minha zona foi altamente atingida pela tempestada e é um terror esta catastofre natural que nos deixa impotente...espero que consigas levantar o que agora está no chão

GATA disse...

Duduzinha, força! E se eu puder ajudar, é só dizeres ok?

Paula NoGuerra disse...

Ola ola

Tenho um miminho para ti no meu blogue ;D

Beijocas super doces***

Crente disse...

Espero que tudo se resolva rápido! Se pudermos ajudar de alguma forma avisa.
Força