sexta-feira, novembro 05, 2010

Curto não é curtíssimo

No final do mês vou ter um casamento, há muito que não vou a um e este em particular deve ser fora do convencional, penso eu.
Então, hoje na hora de almoço fui experimentar dois modelitos, ambos da H&M e conclusão ou tenho umas pernas enormes, por acaso não são pequenas, ou então há muita falta de tecido na indústria têxtil.

5 comentários:

Crente disse...

É a crise: diminui o comprimento, aumenta o decote.

hierra disse...

Sim, os vestidos deles são assim para o curto...e às vezes até ganhavam em ser assim mais em conta em termos de tamanho...:)

Dudu disse...

Crente
:)) por acaso o decote nem era nada generoso, era mesmo para o normal.

Dudu disse...

hierra
Mas quem diz H&M, diz Zara, Mango e outras anda tudo pela mesma bitola, logo um vestido que fica pelo joelho a uma mulher de 1.60m fica muito muito mais acima a uma de 1.78m (o meu caso), bjs

Diva disse...

Mlle,
fossem só os comprimentos...É os acabamentos, os botões, fechos e afins...
Acho muito mal.
Bisou