quinta-feira, agosto 05, 2010

Ir ao cinema também pode ser um filme

Chegar da ginástica, tomar um duche a correr, comer qualquer a coisa a correr, eles já tinham jantado, ir para o Colombo a correr, uma vez que o filme começava às 21:15h, chegar ás 21:10h e parecer natal com filas intermináveis para a bilheteira e o filme escolhido, em duas salas, estar esgotado.
Com algum desânimo saímos dali para ir dar uma volta, quando de repente se fez uma luz, à mesma hora no Dolce Vita Tejo ia começar o mesmo filme, toca a descer, a correr, para o carro, em menos de nada chegar ao centro comercial (há uma estrada nova), correr para a bilheteira, perguntar se o filme já tinha começado, ouvir a resposta "não ainda está nas apresentações", comprar bilhetes, ir para a sala a correr, lugares não marcados, escolhemos logo a plateia Vip, se é para escolher é logo em grande, e ainda ir a tempo de ver o primeiro filme da Pixar Day & Nigt, por esta hora já perceberam, a correr, que fomos ver o Toy Story 3 e que gostei muito, chorámos as duas baba e ranho. Ele qual coração empedernido não percebeu para quê tanta lágrima...enfim homens.
Ah é verdade foi a minha estreia em filmes 3D e até gostei.

7 comentários:

hierra disse...

Realmente, que enredo!

GATA disse...

Isso é que era vontade de ver o filme! :-)

Nunca vi o Toy Story, acreditas???

Dudu disse...

Gata,
Foi a primeira vez que vi no cinema, os outros vi na tv, vale a pena, mas isto digo eu que gosto de filmes de animação porque de certa forma devolvem-me sentimentos de quando ainda era criança.

Manuela disse...

Dudu, e o 3D resulta mesmo, em filmes de animação?

Dudu disse...

Manuela,
Eu achei que sim, mas não tenho termo de comparação.

sandra m disse...

Aiii... ate fiquei cansada...

A Organizada disse...

:) que canseira! Mas no fim valeu a pena!beijos