quinta-feira, dezembro 17, 2009

Também o senti

O sismo, pois então.
Estava acordada, senti aquela onda a passar por baixo do sofá, vi o candeeiro a balançar, ouvi o barulho, fiquei enjoada e claro com medo.
Chamei o macho ele pensou que estava a delirar mas depois caiu na real.
Apercebi-me do que era, mas a minha capacidade de reacção foi nula, apenas ajeitei a manta para não entrar frio.
Aqui a família tem um local de encontro para no caso de acontecer algo semelhante, com gravidade, mas nem tal me ocorreu, isso sim assusta-me a minha total inércia perante uma possível catástrofe.

1 comentário:

hierra disse...

Bem eu achei que era uma rabanada de vento, porque estava a dormir e acordei atordoada e não pensei sequer em sismo...